Rvt – Apple é processada após admitir que reduz a velocidade de iPhones antigos


Brasil Econômico

Companhia é alvo de processos em Los Angeles e Chicago; para os usuários, a empresa não foi transparente ao reduzir o desempenho de aparelhos antigos

Segundo comunicado da Apple, prática é adotada para aumentar a vida útil de seus smartphones

Segundo comunicado da Apple, prática é adotada para aumentar a vida útil de seus smartphones

Foto: Pexels

Depois de ter admitido que reduz o desempenho de iPhones antigos, a Apple deverá enfrentar ao menos duas ações na Justiça por conta da estratégia. Ao confirmar a prática, a empresa disse que a redução da velocidade, implementada nas atualizações do sistema operacional iOS, é necessária para evitar desligamentos e falhas no processador. No entanto, alguns usuários parecem não ter aceitado a explicação.

Leia também: “StarWars” é uma das senhas mais usadas e vulneráveis da web; confira

A primeira ação foi registrada em Los Angeles por um usuário de iPhone 7 que acusa a Apple de forçar os usuários a comprar um novo smartphone e desvalorizarem os aparelhos antigos à medida em que eles ficam mais lentos. O autor do processo também lembra que a fabricante nunca perguntou se os usuários aprovam a prática. O consumidor pede o pagamento de uma indenização e que a empresa pare de interferir no desempenho dos celulares.

Leia também: O que é neutralidade de rede e como sua anulação muda seu uso da internet

O segundo processo foi iniciado por um grupo de cinco usuários de Chicago que possuem iPhones entre a quinta e a sétima geração. Segundo eles, a ação da fabricante foi “enganadora, imoral e anti-ética”. No processo, os usuários afirmam que as atualizações do iOS “são projetadas para reduzir as velocidades” dos smartphones. Eles também afirmam que a empresa viola atos estaduais e nacionais de proteção aos consumidores.

“As corporações precisam entender que as pessoas são sofisticadas e que quando as pessoas gastam seu dinheiro suado em um produto elas esperam que ele performe como esperado”, disse James Vlahakis, advogado dos consumidores ao jornal “Chicago Sun-Times”. “Em vez disso, Apple parece ter obscurecido e escondido por que celulares mais velhos estavam ficando mais lentos”.

Leia também: Wi-Fi e Bluetooth consomem mais bateria? Veja mitos e verdades de celulares

A suspeita dos usuários sobre a prática da Apple foi confirmada após a empresa explicar que faz isso para garantir maior tempo de uso para seus celualres. “Nosso objetivo é entregar a melhor experiência possível para os consumidores, o que inclui melhorar a performance e aumentar a vida útil de seus dispositivos”, disse, em nota, a empresa. Ainda que tenha enfatizado a preocupação o funcionamento dos aparelhos, muitos usuários se sentiram lesados com a falta de transparência.

Comentar