A Samsung copiou o logotipo do Face ID da Apple em sua palestra na CES


  

Não é o o pior erro de conferência de imprensa que vimos na CES este ano, mas a Samsung revisou um clássico durante sua palestra ontem à noite: copiar o trabalho da Apple, continuar um padrão aparentemente interminável da Samsung (e outras empresas) clonando a Apple, intencionalmente ou não.

Nesse caso, a Samsung apresentou um ícone para reconhecimento facial quase indistinguível do ícone do Face ID da Apple. Como iMore indica eles não são exatamente os mesmos – as linhas parecem um pouco mais grossas e mais próximas, e os cantos são talvez um pouco menos arredondados – mas estamos basicamente olhando para o ícone do Face ID da Apple, que aparentemente é ligeiramente ajustado para se encaixar na arte do restante do slide.

  


    
    
      
        

    
  

  
    
      
        
Esquerda: ícone do ID da cara da Apple. Certo: o que a Samsung decidiu fazer.

  

O ícone apareceu cerca de 50 minutos na conferência de imprensa da Samsung – intitulada, por qualquer motivo, "Age of Experience" – enquanto H.S. Kim, chefe da divisão de eletrônicos de consumo da empresa, estava falando sobre seu investimento em segurança cibernética. "Continuaremos investindo na proteção de identidade e acesso seguro aos seus sites e aplicativos móveis favoritos por meio do Samsung Pass", disse Kim. O ícone ficou ativo por 15 segundos.

Parece que provavelmente foi um erro de quem fez essa parte da apresentação de slides. A Samsung não parece usar esse ícone em seu software ou embalagem; seu ícone de reconhecimento facial real parece ser o contorno de um rosto que parece meio genérico.

Isso seria o segundo grande erro do programa. Ontem, a AMD apareceu para revelar detalhes sobre o próximo Xbox Series X antes de admitir que havia usado uma renderização feita por fã do console e, de fato, não havia mostrado novos detalhes sobre quais portas a máquina incluiria .

Há uma longa história de empresas que tomam empréstimos, muitas vezes diretamente, da Apple. A Samsung é a mais infame, tendo sido envolvida em um par de ações judiciais de um ano por alegações de que havia copiado o design do iPhone. Mais recentemente, os clones vieram em grande parte de marcas chinesas. Houve uma onda de copiadores de entalhe depois que o iPhone X foi lançado. A Xiaomi no ano passado quase roubou completamente os papéis de parede dinâmicos da Apple e avatares de Memoji e a Huawei e sua submarca Honor também fizeram uma rachadura nas versões de AirPods da Apple.



Source link