Como adicionar o Google Analytics ao WordPress (em 4 etapas)

 

Não importa o tipo de conteúdo que você está criando, vale a pena ouvir seu público. Conhecer seus gostos e comportamentos pode ajudá-lo a fazer os ajustes necessários para reter visitantes antigos e atrair novos. No entanto, uma das fontes mais úteis desses dados também é aquela que provavelmente não aparecerá nas seções de comentários – como os usuários estão interagindo com o seu site.

Felizmente, adicionar o Google Analytics ao seu site WordPress oferece uma solução. Essa ferramenta gratuita permite que você colete dados de maneira fácil e precisa sobre o tráfego de seu site e outras métricas. Armado com esse conhecimento profundo de seus usuários, você pode fazer escolhas mais informadas para maximizar seu impacto e cultivar uma base de fãs leais.

Neste tutorial, fornecerei uma visão geral do que é o Google Analytics e como você pode usá-lo a seu favor. Depois disso, vou orientá-lo passo a passo sobre como integrar perfeitamente essa solução em seu site WordPress. Vamos começar!

O que é o Google Analytics?

Se você já passou algum tempo na internet, pode apostar que conhece o Google. Embora seja principalmente conhecido por seu mecanismo de pesquisa extremamente popular, esse gigante da indústria também oferece uma ampla variedade de outros serviços baseados na Internet.

O Google Analytics é uma ferramenta particularmente útil para usuários do WordPress.

O painel do Google Analytics.

Essa plataforma não apenas monitora o tráfego do seu site em todas as suas páginas, mas também gera relatórios detalhados do usuário sobre uma ampla variedade de métricas. Ele pode coletar informações como:

  • Os idiomas e localizações geográficas mais comuns dos visitantes
  • Taxa de rejeição de cada página
  • Qual navegador da web é mais popular entre os usuários
  • Quais páginas os visitantes veem com mais frequência e por quanto tempo

Simplificando, o Google Analytics coleta quase todas as informações de que você precisa para criar uma imagem precisa de como os usuários estão interagindo com o seu site.

Esses dados são então apresentados de forma organizada a você na forma de tabelas e gráficos personalizáveis. Dada a riqueza de conhecimento acessível que o Google Analytics oferece, não é surpreendente que seja o serviço de medição de tráfego usado com mais frequência na web.

Os benefícios de usar o Google Analytics

Você não pode consertar um problema que você não sabe que existe e não pode melhorar se não souber o que já está funcionando. O Google Analytics fornece orientação em ambas as áreas, oferecendo dados precisos que refletem os sucessos e fracassos do seu site.

Por exemplo, vamos considerar os tempos de postagem do seu site. Embora seja verdade que não existe um momento universal perfeito para postar novo conteúdo, as estatísticas sobre seu site e público específicos podem refletir um padrão mais previsível. Se a interação do usuário com o seu site indica que a maioria dos visitantes chega tarde da noite, uma mudança na programação para os notívagos pode aumentar as visualizações.

É claro que essa ferramenta pode fazer mais do que apenas encontrar pontos problemáticos. O Google Analytics também pode ajudá-lo a maximizar o tráfego em páginas já bem-sucedidas. Por exemplo, se as estatísticas mostram que os usuários estão gastando mais tempo em suas listas do que em suas galerias de fotos, pode valer a pena priorizar o tipo anterior de conteúdo se você quiser gerar mais tráfego.

Em suma, você pode pensar no Google Analytics como uma maneira fácil de avaliar seus esforços. O monitoramento constante significa que você obterá resultados em tempo real que podem ser comparados com estatísticas anteriores, permitindo que você acompanhe seus sucessos e planeje suas próximas etapas. Melhor ainda, você pode acessar todos esses recursos gratuitamente.

A menos que você esteja administrando uma grande empresa com toneladas de dados para trabalhar, o Google Analytics está disponível gratuitamente. Tudo o que você precisa investir para obter os benefícios descritos acima é um pouco de tempo e esforço. Isso a torna uma forma de baixo risco e alta recompensa de levar o tráfego do seu site para o próximo nível.

Como adicionar o Google Analytics ao seu site WordPress (em 4 etapas)

O melhor de tudo é que são necessárias apenas quatro etapas simples para começar a coletar muitos dados úteis sobre o seu site. Vamos percorrer o processo de conexão do Google Analytics ao seu site WordPress, uma etapa de cada vez.

Etapa 1: inscreva-se no Google Analytics

A primeira coisa que você deve fazer é criar uma conta gratuita do Google, caso ainda não tenha uma. Suas análises serão vinculadas a esta conta, então você pode querer considerar fazer uma separada especificamente para seu site.

Depois de fazer isso, vá para a página inicial do Google Analytics e clique em Configurar gratuitamente.

A página inicial do Google Analytics.

Isso o levará para a página de configuração da conta, onde você pode preencher os campos relevantes com as informações básicas do seu site. Você terá então a opção de alterar as configurações de compartilhamento de dados padrão. O Google rotula tudo isso como “recomendado” – e eu tendo a concordar.

No entanto, se você quiser desligar qualquer um deles, certifique-se de ler as letras miúdas incluídas para entender como a decisão pode impactar seu uso do Google Analytics.

Personalização das configurações do Google Analytics.

Em seguida, é hora de nomear sua propriedade. Como uma conta pode ter várias propriedades, é aconselhável dar um nome que reflita claramente o site que você deseja analisar. Isso é especialmente importante se houver a possibilidade de você desejar monitorar mais propriedades no futuro.

Depois disso, você pode ajustar o fuso horário e a moeda para corresponder à localização do seu site.

Em seguida, selecione o Crie uma propriedade universal opção, insira o URL do seu site quando solicitado e escolha Crie apenas uma propriedade do Universal Analytics antes de prosseguir.

Criando uma propriedade universal.

Você pode concluir esta etapa indicando o setor, o tamanho e o uso pretendido do Google Analytics de seu site.

Personalização das configurações do Google Analytics.

Depois de clicar em Crio, o registro de sua conta no Google Analytics será concluído e você poderá passar para a próxima etapa.

Etapa 2: Selecione um plug-in do Google Analytics

Você pode usar o Google Analytics simplesmente acessando a plataforma, conectando seu site manualmente e usando o painel fornecido. No entanto, é uma boa ideia conectar o serviço diretamente ao seu site WordPress. Isso torna muito mais fácil visualizar suas métricas e é simples de realizar usando um plug-in.

Quando se trata de encontrar o plugin certo do Google Analytics, existem inúmeras opções de qualidade à sua disposição. Antes de tomar uma decisão, você deve considerar quais benefícios espera obter com sua plataforma de análise e selecionar um plug-in com recursos que atendam a esse propósito.

Por exemplo, algumas soluções, como 10WebAnalytics, se destacam na apresentação de estatísticas personalizadas adicionais, que podem ser úteis se você deseja se concentrar em um aspecto específico do tráfego do seu site. Outros, como Analytify, são mais voltados para a avaliação rápida e fácil de dados diretamente do seu painel, o que pode ser uma boa escolha se você preferir uma abordagem mais ampla.

A principal coisa a evitar durante esta etapa é escolher um plugin mal otimizado. Uma vez que scripts desajeitados e plug-ins conflitantes podem tornar suas páginas da web lentas, você provavelmente vai querer evitá-los a todo custo. Felizmente, você não precisa aprender código para contornar esse problema. Você pode contar com análises e classificações de usuários para avaliar opções populares e verificar seus históricos de atualização para garantir que os desenvolvedores ainda estejam ativos.

Para o propósito deste passo a passo, escolhi o plugin MonsterInsights.

O plugin MonsterInsights.

Este é um dos plug-ins mais populares do WordPress para o Google Analytics, com um histórico de desempenho otimizado. Ele também oferece recursos práticos, como conformidade automática com os regulamentos regionais de privacidade e opções de rastreamento personalizadas.

Como um bônus, MonsterInsights Lite é gratuito, embora haja uma versão premium com mais benefícios se você estiver procurando por uma análise mais profunda.

Etapa 3: Integre o Google Analytics ao seu site

Para começar a usar o plugin MonsterInsights, instale e ative-o em seu site WordPress. Isso irá adicionar um novo Intuições opção ao seu menu do lado esquerdo. Clique nele para abrir o assistente de configuração do plugin.

Escolha a categoria que melhor descreve o seu site (O negócio, Blog, ou comércio eletrônico) e clique em Salve e continue. A chave do produto não é necessária se você estiver usando a versão gratuita.

Configurando o plugin MonsterInsights.

Selecione Conecte MonsterInsights para fazer login em sua conta do Google através do plugin e autorizar seu acesso.

Quando for solicitado que você escolha um perfil, selecione Todos os dados do site para o site que você gostaria de analisar e clique em Conexão Completa.

Conectando MonsterInsights ao WordPress.

Após a conclusão desse processo, você terá a opção de ajustar as configurações do plug-in conforme achar necessário.

Etapa 4: comece a analisar os dados do seu site

Depois de concluir as três etapas anteriores, o Google Analytics começará a registrar os dados do seu site WordPress.

O painel MonsterInsights no WordPress.

Se o seu relatório de visão geral estiver totalmente vazio, como na imagem acima, não entre em pânico! Ainda não haverá dados para o plug-in exibir, então você terá que permitir até 24 horas para que ele comece a coletar informações.

Assim que os resultados começarem a aparecer, você terá acesso às informações necessárias para melhorar o tráfego do seu site de várias maneiras.

Se você não sabe por onde começar, verifique de onde vem a maioria dos seus visitantes no mundo e considere como você pode otimizar mais seu conteúdo para esses mercados. Você também pode ver quantos de seus usuários estão visitando de sites para celular em vez de versões para desktop e usar essas informações para decidir sobre um tema que otimizará seu site para a maioria dos visitantes.

Existem muitas métricas disponíveis, portanto, é provável que haja algumas tentativas e erros enquanto você aprende como usar melhor todos os seus novos conhecimentos. Portanto, não tenha medo de ser criativo na resolução de problemas.

Apenas certifique-se de acompanhar seus resultados à medida que seu conteúdo se desenvolve para ver como suas alterações compensam, e você estará no caminho certo para tomar decisões informadas para maximizar o tráfego de seu site.

Conclusão

Compreender o comportamento do seu público pode ser fundamental para o sucesso do seu site. Felizmente, você pode contar com o Google Analytics para fornecer uma grande quantidade de dados acionáveis ​​sobre quem está visitando seu site, por quanto tempo eles permanecem no site e muito mais.

Neste tutorial, cobrimos quatro etapas fáceis para colocar o Google Analytics em funcionamento em seu site WordPress:

  1. Inscreva-se no Google Analytics.
  2. Selecione um plugin do Google Analytics, como MonsterInsights.
  3. Integre o Google Analytics ao seu site.
  4. Comece analisando os dados do seu site.

Quais análises você achou mais úteis para impulsionar o tráfego de seu site? Deixe-nos saber na seção de comentários abaixo!

Source

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: