Departamento de Justiça anuncia ampla revisão antitruste da Big Tech


  

Depois de meses de escrutínio tecnológico de republicanos e democratas, o Departamento de Justiça está abrindo uma nova investigação antitruste em grandes empresas de tecnologia como Facebook, Amazon e Google.

“Sem a disciplina da competição significativa baseada no mercado, as plataformas digitais podem agir de maneiras que não atendem às demandas do consumidor”, disse o procurador-geral adjunto Makan Delrahim, da Divisão Antitruste. “A revisão antitruste do Departamento irá explorar essas questões importantes.”

A investigação abordará as grandes preocupações sobre se a Big Tech está sufocando a concorrência, e será separada das sondagens do departamento do Google e da Apple que foram divulgadas no início deste verão e se destinam a examinar mais de perto violações potenciais individuais. A análise relatada hoje examinará mecanismos de pesquisa, plataformas de mídia social e varejo, mas não se concentrará em nenhuma empresa ou prática individual.

Em um comunicado à imprensa o Departamento de Justiça disse que a análise "considerará as preocupações generalizadas que consumidores, empresas e empreendedores expressaram sobre buscas, mídias sociais e alguns serviços de varejo online".

]

Na audiência de confirmação do Procurador Geral Barr em janeiro passado, ele disse aos senadores que gostaria que o Departamento de Justiça analisasse se empresas como Google e Amazon estavam abusando de seu domínio de mercado.

“Eu gostaria de ter o antitruste [officials] apoiando esse esforço para se envolver mais na revisão da situação do ponto de vista da concorrência”, disse Barr na época. "Não acho que o grande seja necessariamente ruim, mas acho que muitas pessoas imaginam [how] que esses gigantes gigantes tomaram forma no Vale do Silício."



Source link



Os comentários estão desativados.