Fotos mostram detalhes do primeiro celular nunca lançado pela Microsoft

Uma relíquia da recente história dos mobiles pode ter vindo à tona. Em 2015, a Microsoft registrou a patente de um smartphone chamado RM 1182. Contudo, tal aparelho nunca foi, de fato, lançado pela companhia, por conta de escolhas no mínimo duvidosas de design. Pois bem: quase 3 anos depois de desistir da ideia, o site Windows Central encontrou imagens de um protótipo do aparelho.

De fato, o dispositivo tem escolhas um tanto quanto questionáveis. Os rumores da época apontavam que o aparelho seria de entrada, com especificações simples, focadas em um mercado mais barato.

Com isso, ele conta com um teclado físico, o que também não era necessariamente um problema para a época, apesar do avanço dos smartphones. O mais curioso é que ele já contava com o sistema operacional dos Windows Phones.

Aparelho conta com layout do Windows Phone (Foto: Windows Central)

Assim, o usuário poderia movimentar os apps e destaques pela tela de forma personalizada, mudando a tonalidade de cores para dar certa hierarquia ao aparelho. Com conexão de internet, ele também já deveria permitir a utilização de uma conta da Microsoft para sincronização de e-mails. Tudo isso apenas com o teclado mecânico.

Entre os apps disponíveis de fábrica no RM 1182, estariam o Phone (para ligações), SMS, Contatos, Câmera, Alarmes, Documentos, Outlook Mail, Outlook Calendar, GroupMe e OneNote.

Outra curiosidade é que o device ainda não teria uma versão mobile do Internet Explorer, e provavelmente seria lançado com Opera Mini como navegador oficial. Também já como padrão, ele teria alguns jogos como Spider-Man Ultimate.

Não há especificações sobre processadores, mas o aparelho seria lançado com uma tela de 2,5 polegadas e uma câmera (claro que apenas traseira) de 1,92 MP. A bateria seria de 1.200 mAh, o que, para um aparelho nada potente destes, deveria render dias de utilização.

Ele permitiria conectar conta da Microsoft (Foto: Windows Central)

O produto, no fim, seria lançado no começo de 2016, mas tudo indica que foi cancelado por já não ser um produto competitivo para a sua época, muito embora a Microsoft não informe isso. A ideia era que o RM 1182 fosse o primeiro aparelho 100% produzido pela empresa, que passou a criar aparelhos em parceria com a Nokia.

Veja a matéria completa Canaltech

Comentar com o Facebook



Os comentários estão desativados.