Google for Startups Brasil anuncia fundo para financiar startups de fundadores negros

O Google for Startups chegou ao Brasil em 2016, e, desde então, já ajudou mais de 240 startups com programas focados em negócios, liderança e desenvolvimento de tecnologia. Agora, sentimos que é necessário dar um passo a mais nessa jornada de apoio ao ecossistema de inovação brasileiro. Por isso, anunciamos recentemente o nosso plano de lançar um fundo para financiar startups fundadas e lideradas por negros no país. Hoje, estou feliz em poder compartilhar os detalhes sobre o fundo: nos próximos 18 meses, o Google vai destinar 5 milhões de reais para esses empreendedores. Esta é a primeira vez que o Google investe financeiramente em startups no Brasil e expectativa é que sejam realizados cerca de 30 aportes, nos mais variados tipos de negócios. 

Diferentemente das PMEs tradicionais, as startups são empresas que buscam escalar massivamente os seus negócios, o que as tornam os principais impulsionadores do crescimento econômico e da criação de empregos em suas comunidades. Porém, mesmo no melhor dos tempos, os fundadores negros constantemente contam que o principal obstáculo para o crescimento de seus negócios é o acesso a capital empreendedor e em termos justos.

No Brasil, existem 14 milhões de empresários negros, sendo a maioria mulheres (52%) com menos de 40 anos, de acordo com o estudo O Empreendedorismo Negro no Brasil, realizado pela aceleradora de empresários negros PretaHub, em parceria com a Plano CDE e JP Morgan. Cerca de 30% afirmam que tiveram crédito negado sem explicação e a maioria dos empreendedores iniciou seus negócios com poupança própria ou de familiares e amigos, por conta da dificuldade em conseguir capital.

O Black Founders Fund tem como objetivo impulsionar empresas criadas e lideradas por pessoas negras no ecossistema brasileiro, uma vez que elas enfrentam maior dificuldade para se desenvolver e estabilizar no mercado.

Os critérios para participar da iniciativa são:

  • Ser uma startup
  • Ser fundada e liderada por empreendedores negros e negras
  • Ter sido criada e estar em operação no Brasil
  • Estar em busca de investimento seed
  • Oferecer uma solução criada com base em tecnologia
  • Ter um negócio em operação ou possuir um produto lançado com possíveis clientes

Os interessados podem fazer inscrições ou indicações de startups por meio de um formulário disponível no nosso site durante todo o período ativo do fundo. Os empreendedores também precisam especificar como planejam usar o dinheiro.

Os investimentos começam a ser realizados em setembro de 2020 e o valor destinado a cada startup será variável em função do estágio de maturidade do produto e das suas necessidades atuais.

Neste momento em que anunciamos oficialmente o lançamento do Black Founders Fund no Brasil, também estamos muito felizes em apresentar as três primeiras empresas investidas, todas da rede alumni dos nossos programas: 

  • Afropolitan
  • Creators
  • TrazFavela

Acompanhamos de perto o trabalho delas durante as mentorias e sessões do Startup Zone e do Programa de Residência, e acreditamos muito no potencial de transformação que carregam. Não poderíamos estar mais orgulhosos por começar essa jornada ao lado delas.


Desde a nossa chegada por aqui, a missão e o trabalho do Google for Startups é igualar os níveis de oportunidades para todos os fundadores de startups. O fundo para empreendedores negros chega para reforçar o nosso comprometimento com o ecossistema brasileiro de inovação, porque acreditamos que se as startups tiverem sucesso, não só o Google, como nossas comunidades e economias também terão.

Postado por André Barrence, Diretor do Google for Startups na América Latina

View full post on Blog do Google Brasil