O barato o caro e o prejuízo na criação de sites


Você, alguma vez, já se arrependeu de uma compra? Venderam-lhe um produto de baixa qualidade mas, pelo baixo preço, você preferiu “arriscar” e “experimentar”?

O barato sai caro, inclusive na criação de sites.

Se você tem a sua empresa, com certeza, você quer sempre o melhor pra ela. Porém, todos nós cometemos equívocos às vezes por querermos economizar.

Compramos um material de outra marca e não nos adaptamos a ele;
Trocamos a impressora por uma outra concorrente por ser mais barata, e na hora de trocar os cartuchos vem “a bomba”;
Compramos até aquele celular “xing ling” que vive mais no conserto que na nossa mão. Isso quando tem conserto, rs.

As coisas baratas raramente são boas e as boas não são baratas.

Enfim, a lista de equívocos é extensa.

Mas, quando o assunto é criação de sites, não pensamos duas vezes. O anúncio mais barato leva a nossa confiança e a logomarca da nossa empresa e pronto, está feito.
Será essa a atitude correta?

Hoje temos até ferramentas gratuitas para o desenvolvimento de sites. Em poucos cliques, e do nosso jeito, a nossa marca está na internet. É aí que começa a “pegadinha”.

Imagine que você tenha dinheiro para comprar um carro popular, um Gol ou um Palio. Você conseguiria comprar, com o mesmo dinheiro, um Camaro ou uma BMW?

A resposta é simples: NÃO.

Assim acontece com as empresas que oferecem “mil e uma utilidades” ao seu site por um preço muito abaixo do resto do mercado. Você pensa que está comprando uma Ferrari mas, na verdade, acabou de adquirir um belo Fusca .

Sites baratos, e até os gratuitos, costumam ser falhos em algum ponto. Seja no servidor de e-mails, na linguagem de programação feita por trás do seu site, no suporte à sua empresa e, o mais comum, na baixa qualidade do site.

Isso não quer dizer que você deva optar pelo mais caro, muito pelo contrário. Procure profissionais com experiência no mercado, que com certeza farão o preço justo pela qualidade oferecida a você e sua empresa!

Vou te passar 3 dicas de como sair de uma fria:

1ª DICA

Escolher uma empresa com mais de 5 anos de mercado.

2ª DICA

Olhar o portfólio, ligar para pelo menos 3 clientes e fazer as seguintes perguntas, como é o atendimento da empresa, se empresa cumpre prazo e a pergunta chave, gostou do trabalho que foi entregue?

3ª DICA

Perguntar para empresa se a mesma vai te dar a opção de aprovar o visual do site antes mesmo de iniciar o desenvolvimento e se o site é personalizado e único.

Gostou de nossas dicas ou tem alguma dica campeã para escapar de uma fria na hora de fazer a criação de site da sua empresa?
Compartilhe com a gente!



Deixe uma resposta