Rumor | Apple está interessada em tecnologia de câmera 3D da Sony

A Apple e diversas outras fabricantes de smartphones estariam interessadas na tecnologia da Sony de sensores 3D para câmeras, segundo informações não confirmadas veiculadas pela Bloomberg Quint. O site cita como fonte Satoshi Yoshihara, gerente geral da divisão de câmeras e sensores da gigante japonesa, que diz estar aumentando a produção de novos sensores para o início de 2019 a fim de cumprir com a demanda esperada “por várias fabricantes de celulares”.

Yoshihara alega que, além da Apple, Samsung e até a Alphabet figuram na lista de clientes da Sony para a tecnologia, que vem operando de forma lucrativa dentro da Sony. Ele não ofereceu dados como metas de produção ou expectativas de vendas, mas disse que a divisão deve trazer resultados contundentes já no primeiro trimestre do próximo ano fiscal da japonesa.

Câmeras do iPhone podem ganhar um novo sensor 3D para mapeamento de imagens e identificação facial, segundo rumores

Atualmente, a Apple utiliza a tecnologia “TrueDepth” de sensores 3D em suas câmeras, que funciona “desenhando” uma grade ao redor do objeto a ser fotografado. Ao analisar desvios e variações visuais dentro desta grade, o sensor consegue mapear uma reprodução em 3D do que a câmera enxerga, criando uma identificação biométrica que é aplicada, por exemplo, no FaceID para destravar os iPhones mais modernos da empresa.

A Sony, por outro lado, usa um sistema conhecido como “Time of Flight” (ou simplesmente “TOF”), que funciona criando “mapas de profundidade” ao medir o tempo levado para um ponto de luz viajar do sensor para o objeto e de volta. Yoshihara alega que este método é mais preciso e cobre distâncias maiores do que outras tecnologias.

Embora a Sony seja um grande player no emprego desta tecnologia, ela não é dona de sua patente. Além da japonesa, também produzem sensores com a tecnologia empresas como Infineon, Panasonic e STMicroelectronics. A Sony não confirmou as afirmações de seu gerente e a Apple não comentou os rumores.

Veja a matéria completa Canaltech



Os comentários estão desativados.