Update iOS 12.1.2 está derrubando conexão 4G de alguns usuários



A Apple lançou uma série de recentes updates do iOS 12.1, por conta principalmente de problemas de patentes com a Qualcomm na China. O problema é que a versão 12.1.2 do sistema operacional agora está prejudicando alguns iPhones.

Segundo levantamento do site Techspot, centenas de usuários estão mostrando problemas com seus smartphones. Quando A Maçã soltou a primeira versão deste update, o objetivo era também resolver problemas de utilização do eSIM, nos novos modelos da linha. Trata-se da ferramenta que permite que você tenha mais de uma conta de operadoras diferentes sem precisar de dois chips físicos.

Dois dias depois, a empresa lançou mais uma atualização, informando que apenas iria corrigir erros da primeira atualização lançada. Contudo, centenas de usuários agora estão reclamando que, após o nova versão, seus aparelho não estão mais conectado com redes 4G. Parte deles informa que mensagens não estão sendo entregues, mesmo com a conexão aparentemente perfeita e que, por vezes, até mesmo o Wi-Fi está apresentando problemas.

Até o momento, é perceptível que há problemas em usuários das Américas, Europa e Índia. Na véspera do Natal, é bem difícil que a empresa tenha capacidade de resolver a questão rapidamente. Pela página de suporte, a sugestão é de resetar o aparelho para as configurações de fábrica. Outra sugestão também é ir até as configurações e desligar a conexão de rede móvel do dispositivo para tentar forçá-lo a reiniciar.

O problema ainda pode deixar mais evidente as ligações da Apple com a Qualcomm. A fabricante de chips acusa a Maçã de quebra de patentes e foi a principal fornecedora de tecnologias de modem para iPhones e iPads. A fabricante conseguiu fazer com que a justiça chinesa banisse a produção e venda de modelos de iPhones anteriores ao iPhone X no mercado Chinês e, com isso, a Apple correu para atualizar o iOS, supostamente retirando as patentes da Qualcomm e permitindo a comercialização de seus smartphones.

Logo, tais atualizações podem ter criado problemas justamente nas configurações de que a Qualcomm mais entende e colaborou com a Apple. A Maçã ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Veja a matéria completa Canaltech

Comentar com o Facebook



Os comentários estão desativados.