Google e Apple se unem para tornar as tags de rastreador Bluetooth mais seguras

Os gigantes da tecnologia estão colaborando em um esforço para impedir o rastreamento não autorizado


Os acessórios de rastreamento de localização sem fio, como os AirTags da Apple e os próximos Nest Locator Tags do Google, são projetados para ajudar as pessoas a rastrear itens perdidos, mas também levaram ao surgimento de problemas de segurança com rastreamento e perseguição indesejados. Já houve esforços direcionados para evitar o uso indevido, como a Apple lançando um aplicativo para encontrar AirTags desconhecidos e a Tile ameaçando multar US$ 1 milhão para aqueles que fizerem uso indevido de seus rastreadores. Agora, o Google e a Apple estão se unindo para uma solução abrangente para combater o uso indevido de rastreadores Bluetooth.

ANDROIDPOLIC VÍDEO DO DIAROLE PARA CONTINUAR COM O CONTEÚDO


Os dois gigantes da tecnologia elaboraram uma especificação para todo o setor que alertaria os usuários no caso de rastreamento indesejado. O sistema permitirá que os usuários detectem a presença de rastreadores desconhecidos e enviem alertas nas plataformas Android e iOS. O objetivo da especificação é construir essas medidas de privacidade existentes com um padrão universal para impedir o rastreamento indesejado e incluir as melhores práticas para os fabricantes criarem recursos de rastreamento indesejado em seus produtos.

As empresas estão pedindo informações de outros participantes do setor e grupos de defesa, observando que fabricantes de rastreadores como Samsung, Tile, Chipolo, eufy Security e Pebblebee já manifestaram interesse no projeto.


Nesse ínterim, o Google e a Apple já enviaram um rascunho por meio da Força-Tarefa de Engenharia da Internet – as empresas incentivam as pessoas a fornecer feedback. Depois disso, qualquer feedback será abordado e eles lançarão uma implementação de produção da especificação para alertas de rastreamento indesejados até o final de 2023. Depois disso, podemos esperar que essas proteções cheguem para versões futuras do Android e iOS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *