Xbox Cloud Gaming está recebendo suporte para mouse e teclado e melhorias de latência

A Microsoft está se preparando para adicionar suporte a mouse e teclado ao serviço Xbox Cloud Gaming (xCloud) que transmite jogos do Xbox para TVs, PCs, dispositivos móveis e muito mais. A gigante do software provocou a adição no início deste ano e agora está incentivando os desenvolvedores de jogos a se prepararem para o suporte a mouse e teclado e algumas grandes melhorias de latência no Xbox Cloud Gaming em breve.

“O Xbox suporta teclado e mouse há alguns anos e estamos trabalhando para adicioná-lo ao streaming para usuários de PC”, explica Morgan Brown, engenheiro de software da equipe de streaming de jogos Xbox da Microsoft. “Mas você pode começar a adicioná-lo ao seu jogo agora mesmo e os usuários de teclado e mouse do console irão apreciá-lo. Ele acenderá no streaming assim que terminarmos de adicioná-lo.”

Simulador de voo da Microsoft O chefe Jorg Neumann brincou anteriormente que a adição de suporte a mouse e teclado no Xbox Cloud Gaming poderia aparecer neste verão. Como a Microsoft está incentivando os desenvolvedores a começar a pensar mais sobre o suporte a mouse e teclado para jogos do Xbox transmitidos para PC, é provável que comecemos a ver isso em breve.

Ele permitirá que os usuários do Xbox Cloud Gaming transmitam jogos do Xbox, não do PC, usando mouse e teclado. Poderíamos ver jogos como Mar de Ladrões, Minecraft, Halo Infinitoe até mesmo Fortnite todos suportam mouse e teclado por meio do Xbox Cloud Gaming. A lista de jogos do Xbox que suportam mouse e teclado ainda é relativamente pequena. Será particularmente útil quando a Microsoft expandir a biblioteca Xbox Cloud Gaming ainda este ano.

Os desenvolvedores do Xbox receberão novas APIs para melhorar a latência do fluxo.
Imagem: Microsoft

Além do suporte para mouse e teclado, a Microsoft também oferece aos desenvolvedores mais maneiras de melhorar a latência de streaming em seus jogos. A Microsoft está trabalhando em uma nova API de detalhes de exibição, que pode economizar até 72ms de latência geral. Isso é conseguido usando o Direct Capture, que reproduz recursos de hardware em software para eliminar o tempo de espera para VSync e buffer duplo ou triplo, e até mesmo o dimensionamento necessário para TVs.

O dimensionamento e os artefatos adicionam latência extra ao streaming de jogos, e muitos jogos já oferecem suporte ao Direct Capture para melhorar seu desempenho no Xbox Cloud Gaming. A latência pode cair para tão baixo quanto 2-12ms, em comparação com 8-74ms através do pipeline de exibição tradicional. Existem algumas limitações, no entanto. O Direct Capture suporta apenas uma resolução máxima de 1440p e ainda não suporta resolução dinâmica ou HDR.

A limitação de resolução não será um problema para a maioria dos desenvolvedores de jogos no momento, pois o Xbox Cloud Gaming reduz os jogos para 720p no celular e 1080p no PC e na web. A Microsoft espera eventualmente oferecer suporte a resoluções mais altas, mas não há linha do tempo no suporte a 1440p ou 4K para o novo aplicativo Xbox TV. “Isso é algo que esperamos que mude com o tempo, com base em diferentes dispositivos, condições de rede e melhorias na pilha de streaming”, explica Brown. Em breve, as ferramentas estarão disponíveis para os desenvolvedores testarem seus jogos e descobrirem como oferecer suporte ao Direct Capture.

A Captura Direta melhora a latência de streaming no Xbox Cloud Gaming.
Imagem: Microsoft

As melhorias de latência são fundamentais para serviços de streaming de jogos como o Xbox Cloud Gaming e, como mostra o Direct Capture, não se trata apenas de reduzir a latência da rede. A Nvidia lançou seu nível RTX 3080 GeForce Now no ano passado, com impressionantes melhorias de latência. A Nvidia construiu sua própria tecnologia Adaptive Sync, que varia a renderização do jogo para corresponder a um monitor síncrono e permite que o GeForce Now sincronize jogos transmitidos em qualquer monitor de 60Hz ou 120Hz.

O Adaptive Sync da Nvidia também reduz alguns buffers entre a CPU e a GPU no lado do servidor, e o resultado final são algumas melhorias impressionantes de latência em relação ao que está disponível no Google Stadia ou Xbox Cloud Gaming. A Nvidia até afirma vencer um Xbox Series X rodando localmente a 60fps graças ao seu suporte a 120fps GeForce Now.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.