O Guia do Iniciante para Iniciar um Blog de Alimentos WordPress em 2022

Você sempre quis começar um blog de comida? Você pode ser um grande chef com uma extensa biblioteca de receitas, mas isso não significa que você tenha o conhecimento técnico para lançar um blog WordPress de sucesso para suas criações.

Felizmente, o WordPress é uma ferramenta altamente acessível e, com um pouco de orientação, qualquer pessoa pode usá-lo para iniciar um blog de culinária. Neste post, mostraremos como lançar seu blog focado no grub em cinco etapas. Vamos começar!


Por que você pode querer iniciar um blog de comida WordPress

Há muitas razões para começar um blog de comida. É o nicho de blog mais lucrativo e altamente acessível porque todo mundo come e qualquer um pode aprender a cozinhar.

Blog de culinária da Katie’s Conscious Kitchen criado com o tema Foodica

Além do mais, monetizar blogs de comida é muito simples. Esse tipo de blog pode gerar receita por meio de publicidade, marketing de afiliados e muito mais.

Na verdade, o marketing de afiliados é ideal para blogs focados em culinária porque eles podem fazer parceria com marcas de alimentos e apresentar produtos afiliados em suas postagens de receitas. Além disso, muitos blogueiros de culinária passam a escrever livros de receitas lucrativos, que eles promovem em seus blogs.


Como iniciar um blog de comida WordPress (em 5 etapas)

Agora que você sabe por que é uma ideia inteligente entrar no blog de comida do WordPress, vamos abordar como você pode começar em cinco etapas:

  1. Obtenha um nome de domínio e hospedagem na web
  2. Instalar o WordPress
  3. Escolha um tema
  4. Instale plugins essenciais
  5. Comece a blogar

Leia abaixo para encontrar detalhes sobre cada etapa.


1. Obtenha um nome de domínio e hospedagem na web

Em primeiro lugar, você precisará comprar um nome de domínio. Você seria sábio em escolhê-lo com cuidado, porque provavelmente precisará se comprometer com ele por pelo menos um ano. Se precisar de ajuda com ideias de nomes de domínio de brainstorming, você pode usar um gerador de nomes de domínio.

Idealmente, deve refletir o nome real do seu blog ou marca. Você pode comprar um nome de domínio de um registrador de domínio, como NameCheap:

Se você planeja usar o WordPress auto-hospedado, também precisará de um host. Se você quer matar dois coelhos com uma cajadada só, muitos hosts da web oferecem uma opção de hospedagem e domínio.

Recomendamos o SiteGround se você estiver procurando por uma hospedagem na web confiável e econômica. Mesmo que a hospedagem compartilhada seja mais barata, nossa recomendação é optar pela hospedagem gerenciada, pois isso garantirá que seu site não tenha tempo de inatividade e carregue rapidamente.


2. Instale o WordPress

Depois de configurar a hospedagem na web, você estará pronto para instalar o WordPress. Este Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS) é gratuito e de código aberto. Também é muito amigável para iniciantes.

Além disso, muitos hosts da web oferecem instalação do WordPress com um clique. No entanto, esse processo irá variar dependendo do seu provedor de hospedagem.

Na maioria dos casos, você precisará acessar sua conta cPanel ou uma ferramenta semelhante para concluir a instalação. Isso será incluído no seu plano de hospedagem na web.

Alguns hosts da Web usam ferramentas de gerenciamento de servidor diferentes, mas a instalação geralmente é simples. Se você não tiver certeza de como concluir esse processo, confira um tutorial completo.

Seja qual for o seu host e nível de experiência, a instalação do WordPress normalmente leva menos de cinco minutos. Quando terminar, você terá acesso ao seu painel do WordPress e ao seu próprio site.


3. Escolha um tema

Os temas do WordPress são o que determinam a aparência do seu site. Todo site precisa de um, então você terá que instalar e ativar um imediatamente.

Este elemento chave do seu web design determina as características do site, como fontes, cores, layout e muito mais. Você sempre pode personalizar esses detalhes, mas seu tema WordPress fornece a base.

Existem alguns temas WordPress bastante gerais e gratuitos. No entanto, se você quiser começar rapidamente, pode ser uma boa ideia comprar um tema premium mais alinhado às suas necessidades. Dessa forma, você não precisa perder tempo aprendendo sobre web design e pode começar a criar conteúdo útil relacionado a alimentos rapidamente.

No WPZOOM, oferecemos uma variedade de temas de comida do WordPress, e nosso lançamento mais recente é o tema CookBook:

Com o tema específico de comida certo, você pode concluir esta etapa em um piscar de olhos.


4. Instale os plug-ins essenciais

Os plugins do WordPress são complementos que aprimoram a funcionalidade do seu site. Instalar plugins é fácil; você pode fazer isso diretamente no seu painel do WordPress.

Existem muitos plugins recomendados especificamente para blogs de comida. Um dos plugins básicos para blogs de comida é o plugin de cartão de receita. É por isso que recomendamos fazer algumas pesquisas ao escolher seu plugin de cartão de receita. Isso garantirá que você faça uma escolha boa e confiável a longo prazo.

Certifique-se de verificar o Recipe Card Blocks, pois inclui todos os recursos necessários para iniciar e desenvolver seu blog de culinária.

Plugin de blocos de cartão de receita

Este e outros plugins essenciais podem ajudá-lo a simplificar seu processo de criação de conteúdo e aumentar a produtividade. Embora seja uma boa ideia pesquisar e selecionar os principais plug-ins ao configurar seu site pela primeira vez, você pode adicionar mais facilmente no futuro.

No entanto, lembre-se de que você deve usar apenas os plug-ins essenciais para suas necessidades. Isso porque muitos plugins podem deixar seu site mais lento.


5. Comece a blogar

Agora que os fundamentos do seu site estão prontos, você está pronto para começar um blog de culinária! Você pode querer criar algumas páginas da web básicas, como “Sobre” ou “Página inicial”, primeiro. No entanto, estes não são totalmente necessários para um blog.

Alternativamente, você pode ir direto para a criação de sua primeira postagem:

Receita de Chocolate Chip Cookies de Lis do blog The Subversive Table, usando o tema Gourmand

Esteja você compartilhando ingredientes de receitas ou uma resenha de restaurante, você deve priorizar a qualidade sobre a quantidade. Tente incluir muitas imagens com aparência profissional e seja minucioso em suas instruções e descrições. Isso ajudará a construir a confiança do seu público e estabelecer sua credibilidade.

Também é uma boa ideia anunciar suas novas postagens nas mídias sociais. Isso pode ajudar a aumentar seu público mais rapidamente.


Conclusão

Quando suas principais habilidades estão na cozinha e não no back-end de um site, o lançamento de um blog de culinária pode parecer esmagador. No entanto, com as ferramentas certas e um pouco de orientação, qualquer um pode fazê-lo.

Para recapitular, veja como você pode iniciar um blog de culinária em cinco etapas:

  1. Obtenha um nome de domínio e hospedagem na web com um provedor respeitável, como SiteGround.
  2. Instale o WordPress em menos de cinco minutos.
  3. Escolha um tema projetado especificamente para blogs de culinária.
  4. Instale todos os plugins essenciais, como Recipe Card Blocks.
  5. Comece a blogar criando seu primeiro post.

Você tem alguma dúvida sobre como iniciar um blog de culinária? Deixe-nos saber na seção de comentários abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.